CHEIRANDO CORES

Início dos anos 80…
Estou dentro de um trem, olhando pela janela, o trem cruza uma área verde semi-alagada, tipo um charco.
Era bem cedinho, uma clara manhã de verão tropical. Na superfície da água, um lindo azul do céu reflete em meus olhos, pois o dia está começando fortemente ensolarado.
Com o correr do trem, o azul da superfície vai transmutando em algo extremamente suave.
Me sinto tipo “acariciado” com aquele azul “aveludado” (Blue Velvet?!) e apenas em raros segundos percebo aquela sensação de suavidade, como algo de finíssima pelúcia me contornando.
A cada percebida, sobra algo como um cheiro de “aroma azul”, que pareço sentir no céu da boca, ou no fundo nas narinas.
É algo bem sutil e muito suave e PARECE que tem a ver com a percepção de cor…
O chato é que é muito intermitente, e fico tentando sentir a sensação aveludada e o cheiro gostoso, mas não dá, pois ela se perde, como se desfocasse… e no final, fica na boca tipo “UM GOSTO DE AZUL”.
A experiência se repetiu umas 3 ou 4 vezes, e sempre indo de trem para a cachoeira, pela manhã e com dia de sol.
Agora soube que algumas pessoas parecem sentir cheiro de cores, gosto de sons, etc…  LEGAL!!!!!
É como se alguns sentidos combinassem, ou então o cérebro “une” sensações diversas, tal qual a visão 3-d ou como o efeito de movimento dos filmes devido à persistência da memória…
Mesmo hoje, depois de 20 anos, NADA PARECIDO eu senti, e ainda lembro com nitidez a delícia daqueles momentos.
Nunca mais fui à cachoeira de trem… Preciso repetir isso. Alguém passou por coisa parecida? Poste nos comentários…